Variedade de usos de dispositivos móveis alinhados ao sistema SAP são destaque em congresso

Informações que saltam aos olhos, como em um computador sem tela, visto antes somente nos filmes de ficção científica, são hoje uma realidade graças aos wearable devices ou “aparelhos que podem ser vestidos” em tradução livre.

Esses novos dispositivos estão sendo introduzidos no mercado em ritmo acelerado, e no dia a dia das pessoas, se transformando em uma necessidade.  Seguindo o fluxo, grandes empresas vêm utilizando essa nova tecnologia para possibilitar que os técnicos de manutenção possam interagir com os processos de gerenciamento de ativos corporativos de forma inovadora.

O HUBB for SAP EAM, Congresso para comunidade SAP EAM na América Latina e que está em sua 3° edição, teve início ontem e terminará dia 18, quarta-feira. O evento traz para os mais de 100 participantes, as últimas novidades relacionadas ao uso do software que podem dar suporte e facilitar as atividades e os setores de gestão de ativos que utilizam o sistema.

2 - IMG_6072

O keynote “Melhores Inovações no SAP EAM”, Karsten Hauschild, gerente de soluções da SAP realizou uma demonstração que pôde dar uma visão geral das aplicações do SAP EAM com esses dispositivos e as mais recentes inovações que tornam a vida dos profissionais do gerenciamento de ativos mais simples e suas atividades mais produtivas.

Karsten trouxe aos presentes, a oportunidade de entender melhor o uso de wearable devices, como smart glasses e smart watchs. E, na prática, visualizar como eles podem ser conectados aos sistemas SAP e passar a controlar as demandas diárias de cada setor, visualizando ordens de serviços e até, alertar ao usuário sobre possíveis problemas que possam surgir nas produções.

Seguindo uma demanda mundial em que os dispositivos móveis estão totalmente integrados ao dia a dia das pessoas, a SAP vem de encontro a essas necessidades, desenvolvendo novos aplicativos de mobilidade e buscando diariamente novas formas de integrar esses dispositivos, potencializando o uso dos recursos disponíveis no software.

One Response

  1. Elly 11/09/2015 Reply

Leave a Reply