TI eficiente: o negócio do futuro

TI_mais_eficientes-1024x415

Por Alistair Forbes, Gerente Geral da LogicNow

Em 2015, os gastos globais com tecnologia da informação atingirão US$ 3,8 trilhões, segundo levantamento da consultoria Gartner. Negócios envolvendo softwares corporativos e sistemas de data centers serão o grande destaque do setor.

Quanto mais as empresas investirem em tecnologia, maiores serão as demandas por infraestrutura de TI e segurança de dados. A partir destes números, algumas tendências podem ser cruciais para o bom funcionamento dos negócios.

A adoção de tecnologia emergente em nuvem representa uma oportunidade para as organizações repensarem sua estratégia de TI e explorarem novos softwares e aplicações para atenderem seus objetivos de negócio. As empresas vão adotar ferramentas baseadas na nuvem de forma evolutiva, enquanto exploram novas capacidades.

Isso permitirá que eles simplifiquem com o tempo sua infraestrutura interna, retendo aqueles sistemas que são melhores hospedados internamente e terceirizando commodities e infraestrutura de menor valor agregado que podem ser obtidos de forma eficaz a partir de parceiros externos.

As empresas irão adotar modelos de gestão em nuvem com foco em integração de serviços e segurança, exigindo visibilidade em tempo real em todas as plataformas, alerta imediato em caso de problemas e acesso remoto à plataforma de gestão a qualquer momento.

As preocupações em torno da segurança na nuvem tendem a diminuir, na medida em que as organizações descobrirem as camadas adicionais de proteção disponíveis e perceberem os benefícios de ferramentas integradas de gestão baseadas em nuvem.

Segurança baseada em nuvem é uma maneira ideal para proteger uma força de trabalho remota. Uma solução de segurança robusta requer que os computadores móveis e remotos sejam verificados de forma contínua contra malwares e vírus, tenham o seu software atualizado com as últimas correções de segurança e estejam sujeitos a filtrar conteúdos que representem perigo.

Com menos tarefas de gestão e manutenção, os administradores terão tempo para se concentrar em outros geradores de receitas ou em atividades que as protejam, como desenvolvimento de software, integridade dos dados, prevenção de fraudes, formação em TI e pesquisa e desenvolvimento.

Sobre a LogicNow:
A LogicNow foi criada em setembro de 2014 quando a GFI Software se reestruturou para acelerar o crescimento de seu portfolio que hoje é formado pela plataforma MAXfocus (antiga GFI MAX), a solução de backup em nuvem IASO, entre outros produtos baseados em nuvem, fornecendo tecnologias de SaaS sob modelo de assinatura.

Leave a Reply