Texto sobre Feedback e Equipes

Primeiramente Feliz Natal para todos!

Hoje, um dia após o Natal irei postar dois pequenos artigos que eu recebi na newsletter da TenStep que achei muito interessante.

FORNECER O FEEDBACK SOBRE O DESEMPENHO

No papel do gerente de projeto normalmente não inclui o fornecimento de revisões anuais e formais sobre o desempenho dos membros da equipe. Geralmente esta é uma responsabilidade do gerente direto de cada membro da equipe. Entretanto, não há nenhuma duvida que um gerente de projetos necessita fornecer feedback sobre o desempenho da equipe de modo que os membros saibam como está o desempenho deles e se os mesmos alcançarão as expectativas relativas ao desempenho. Isto inclui reconhecer quando os membros da equipe se encontram com seus compromissos e fornecer feedback quando os mesmos não estão se encontrando com as expectativas.

Dizer para as pessoas que elas estão fazendo um bom trabalho é fácil. É difícil quando você necessita dizer a um membro da equipe que o mesmo não está se encontrando com as suas expectativas. O gerente do projeto poderá utilizar as seguintes técnicas quando este tipo de conversação for apropriado.

  • Planejar. Isso ajuda os gerentes a desenvolver uma estrutura para fornecer feedback eficaz. O gerente deve pensar antes sobre o comportamento que deve ser destacado e como ele pode ajudar o empregado a melhorar.

  • Fornecer exemplos. O criticismo vago promove ansiedade. É necessário exemplos tangíveis para destacar o feedback. Tipicamente, você não necessita fornecer dezenas de exemplos. Esperançosamente, você pode frisar um ponto com uma ou duas observações.

  • Motivar. Utilize técnicas motivadoras na discussão. Normalmente, o empregado fica decepcionado com um feedback negativo. Procure oportunidades de construir também a moral do membro da equipe, de modo que o mesmo fique ansioso para melhorar.

  • Sanduíche. O gerente de projeto deve começar a sessão com comentários positivos, e então lhe passar o feedback negativo e terminar com comentários positivos e motivadores.

  • Dê um tempo para o receptor fornecer feedback. O processo necessita ser um diálogo entre o gerente do projeto e o membro da equipe. Sendo assim, busque feedback do membro da equipe e permita que o mesmo concorde, discorde ou forneça a sua perspectiva.

  • Estabeleça um prazo para um plano de ação e revisões. O gerente do projeto deve documentar todos os itens de ação, circulá-los aos membros da equipe e assegurar-se de que os mesmos serão completados. Antes do final da reunião, o gerente do projeto e o membro da equipe devem concordar com uma data para verificar o progresso.

 

EQUIPES GERENCIADAS POR ELAS MESMAS

O trabalho em equipe é usado para concluir a maioria dos trabalhos em uma organização. Quando as pessoas trabalham em uma equipe, podem tornar-se mais motivadas e entusiasmadas, desenvolvem idéias novas para aperfeiçoar o desempenho do grupo, e aceitam uma responsabilidade maior para por estes planos em ação.

As equipes de projetos gerenciadas por elas mesmas são um tipo específico de equipes que mantém um grau elevado de colaboração e se gerenciam com o objetivo de transformar-sem em uma equipe de nível elevado em termos de desempenho. Nas equipes de projetos gerenciadas por elas mesmas, a confiança cresce entre os membros da equipe junto com o progresso do trabalho, e tornam-se motivados para aceitar alguns desafios mais difíceis. O foco neste tipo de grupo está no desempenho, também no trabalho em equipe. O sucesso deste grupo requer fortes compromissos pessoais e da empresa, o desenvolvimento das habilidades e o apoio dos membros da equipe e da gerência.

Todas as equipes de projetos gerenciadas por elas mesmas necessitam de treinamento e preparação para trabalhar neste paradigma novo. Um erro muito comum é jogar as pessoas em um ambiente gerenciado por elas mesmas sem a preparação adequada. Isto resulta no caos, na frustração e na paralisação. O melhor momento para oferecer o treinamento é quando a equipe está sendo formada inicialmente, e em uma base continua. Também, quando a equipe se encontra em situações que não pode gerenciar-se.

 

Naturalmente, a equipe não pode ser treinada em todas as contingências possíveis. Um dos objetivos de uma equipe de projeto ser gerenciada por ela mesma é que ela deve ser flexível o suficiente para resolver os problemas inesperados quando os mesmos ocorrerem. Nenhuma quantidade de treinamento e de planejamento pode trazer resultados perfeitos. Problemas inesperados certamente surgirão, e a equipe deverá estar preparada para investir os recursos e a energia adequada para superar os obstáculos.

Leave a Reply